Sábado, 16 de Junho de 2007

Ciúmes? Não, eu não sou ciumento(a)!

 

Quantas pessoas que vão começar a ler este isto não terão já protagonizado um diálogo do género do que a seguir reproduzo?

"- Quem é aquela que está ali a conversar com o Jorge?
- Sei lá! Nunca a vi mais gorda!
- Olha! Olha!!! Agora está a abraçá-lo... Será que ela não tem um "desconfiómetro"? Fogo... Tem idade para ser mãe dele!
- Ó Vanessa, deixa lá o rapaz!!! Achas que se ele te quisesse enganar, ia fazê-lo mesmo aqui, no meio do bairro? Acalma-te...
- Acalmo-me? Tu já viste? Está ali a derreter-se todo... É só sorrisos. Comigo ele não é assim! Eu vou lá!!!
- Não vais, não. Já viste a figura triste que vais fazer?
- Não interessa! Eu vou lá marcar território!!!
(Chega lá, beija o namorado e, com o ar mais desprezível que consegue colocar, pergunta)
- Então Jorge? Não me vais apresentar a tua... "amiga"?
- S-sim... Vanessa, esta é a minha tia Lurdes, irmã da minha mãe. Chegou hoje do Porto..."

Grande manca!!! Mas afinal, quem é que nunca sentiu ciúmes pelo menos uma vez na vida? Toda a gente sabe que o ciúme é o tempero do amor, não é? Bem, talvez se for "utilizado" com conta, peso e medida o tempero possa resultar... eventualmente. Mas quando se começa a desconfiar de tudo o que o(a) namorado(a) diz e faz... Aí a coisa já muda de figura!

Numa situação ideal, as coisas seriam completamente diferentes... Quando se gosta de alguém, deseja-se que o parceiro , ou seja, o bem do outro, pelo outro e para o outro. Por isso, não deixa de ser curioso que esse sentimento tão egocêntrico que é o ciúme encontre as suas origens exactamente na palavra "zelo", algo que, em princípio, se basearia no altruísmo...
O que é que uma coisa tem a ver com a outra? É que em latim, zelo escreve-se "zelumen". Parecido, não é?

Talvez seja por causa da má interpretação que possivelmente se faz da ligação destas duas palavras (zelo e ciúme), que a maioria das pessoas acredita que o ciúme é uma espécie de prova de amor. Será? Não... É um sentimento tão egoísta que não merece ser confundido com provas de amor.

Nota bem que o ciúme não é mais do que o medo de alguém de perder o(a) outro(a) ou a exclusividade sobre ele(a). Não passa de um pavor terrível de se ser excluído de uma relação, por isso...

Afinal, o ciúme funciona como um aviso, um alerta que indica que alguma coisa está a falhar. Se tudo estivesse bem, não haveria lugar para problemas deste tipo, não é?
É por isso mesmo que o ciúme é, sem sombra de dúvida, um dos sentimentos que mais atrapalham uma relação. Imagina um casal em que ele não pode olhar para rapariga nenhuma, pois ela (a namorada) fica logo amuada a pensar que ele a quer trair. Ou então uma rapariga que vai deixando de falar com os seus amigos rapazes, só porque o namorado não gosta e não acredita em relacionamentos de amizade entre homens e mulheres....
Sem confiança, dificilmente se constrói uma relação feliz e duradoura!

Mas, como se dizia no início, o ciúme até pode ser o condimento necessário para ir mantendo a chama da paixão acesa. Mas atenção: tudo quanto é demais faz mal, sobretudo porque há diferentes níveis de ciúmes. O mais comum é alguém sentir-se enciumado em situações pontuais nos quais se sinta excluído ou ameaçado de perder a exclusividade (e a atenção) sobre o(a) parceiro(a).

Isso até é relativamente normal... Muitos sentir-se-ão inseguros(as) ver o(a) namorado(a) numa conversa animada com alguém que parece um(a) modelo de passerelle. E, mesmo possuindo uma auto-estima elevada, é difícil não se sentir, pelo menos, uma pontinha de indignação, raiva, desepero, enfim... Ciúmes!
Mas quando se passa o tempo todo em alerta, tenso(a), aflito(a), preocupado(a) com o que a(o) parceira(o) possa estar a fazer... É porque se é um ciumento nato!

Este tipo de pessoas acha-se no direito de saber TUDO o que acontece na vida do(a) namorado(a). E, para isso, não se inibem de vasculhar bolsos e carteiras, ouvir telefonemas na extensão do telefone, ou até (nos casos mais evidentes de "ciumite aguda") de mandar seguir os seus respectivos pares em busca de provas conclusivas.

Quanto a saber qual dos dois sexos é mais ciumento... Bom, isso ainda está para se descobrir. Se bem que um estudo, feito nos Estados Unidos (claro...), indique que neste assunto não há diferenças substanciais. Todos somos ciumentos, embora nos comportemos de maneiras diferentes, ou seja, enquanto que as mulheres têm mais tendência para sofrer caladas ou fingir indiferença, os homens (re)agem (terminando o relacionamento) assim que julgam haver traição.

Mas afinal, se não é exclusivo de nenhum dos sexos, de onde é que surge o ciúme?
Há quem argumente que o ciúme que se sente numa relação amorosa não é mais do que uma espécie de prolongamento do sentimento que se experimenta em relação à mãe, quando ainda somos crianças. Sabe-se que a ligação de uma criança pequena à mãe é muito forte e é por isso que, muitas vezes, vemos os pequenitos em cenas de birrice com a progenitora. É o medo de perder esse amor que faz com que a criança se torne tão possessiva.

Ao longo do crescimento, essa dependência emocional é totalmente desfeita. Assim, quando se entra numa relação, cria-se um novo (ou transformado) tipo de dependência amorosa. Deve ser por isso que temos atitudes tão infantis...
No fundo, o ciúme resume-se sempre ao tal medo de perder a pessoa amada. Mas, embora tenha como finalidade defender as pessoas dessa perda, acaba por precipitar o que se tenta evitar a tanto custo.

Como é que se sabe se o ciúme que se sente (ou de que se é alvo) é excessivo ou não?
Quando uma pessoa se anula para viver apenas em função de outra (não sair de casa a não ser com o(a) namorado(a), cortar relações com os amigos...), quando há menos momentos de prazer na relação, quando se começa a ter de mentir para evitar as brigas, é porque o ciúme já atingiu o patamar do excesso, já se tornou doentio.

Nestes casos, o(a) ciumento(a) pode chegar a sentir-se frequentemente ansioso(a), inseguro(a), deprimido(a) e até ficar com raiva da pessoa amada. E, numa tentativa de confirmar as suas suspeitas, aparece em casa ou no trabalho do(a) outro sem avisar...
É um verdadeiro vulcão emocional, pronto a entrar em erupção a qualquer momento. E, nestes casos, o ciúme é tão doentio que a Medicina já se encarregou de o estudar. É, pois, uma patologia, uma doença.

O grande passo para curar, ou pelo menos para amenizar, o ciúme, é, sem dúvida, o auto-conhecimento. Há que identificar onde e como se está a prejudicar as pessoas que se amam. Se, depois de perceber isto, se conseguir confiar nos outros (e em si), tira-se um grande peso de cima dos ombros. Até porque o ciúme não passa da manifestação de uma grande insegurança...

publicado por dreia92 às 15:17
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

Saber responder...

No outro dia estava com uns amigos meus e reparei que por vezes os rapazes dão algumas respostas que por vezes nem é mesmo o que eles pensam... 

As 5 perguntas mais difíceis que elas fazem

1 - Em que é que estás a pensar?
2 - Amas-me?
3 - Achas que estou gorda?
4 - Achas que ela é mais bonita do que eu?
5 - O que é que fazias se eu morresse?


O que torna estas perguntas difíceis é o facto de todas elas serem garantidamente explosivas, originando uma valente discussão e/ou separação se ele não responder "correctamente". Ora vejamos...

1 - Em que é que estás a pensar?
A resposta certa é, obviamente: "Desculpa estar pensativo, querida, Estava a pensar que és uma mulher gentil, carinhosa, amante, inteligente, maravilhosa, linda, e que eu sou um tipo cheio de sorte em ter-te encontrado." Claro que esta frase não se assemelha em nada ao que ele estava a pensar na altura, que pode ser uma (ou várias) de 5 coisas:
a) Futebol.
b) Carros.
c) Estás mesmo gorda!
d) Ela é mais bonita do que tu.
e) O que eu faria com o dinheiro do seguro de vida se morresses.

Segundo o artigo de uma revista, a melhor resposta foi de um tipo chamado Al Bundy, que respondeu à sua mulher, Peg: "Se eu quisesse que soubesses, estava a falar em vez de estar a pensar."
As outras perguntas também têm uma única resposta certa, mas muitas respostas erradas.

2 - Amas-me?
A resposta certa a esta pergunta é: "Sim." Para aqueles de vocês que acham importante responder algo mais elaborado, podem responder: "Sim, querida." As respostas erradas incluem:
a) Acho que sim.
b) Sentias-te melhor se eu dissesse que sim?
c) Isso depende do que entendes por "amar".
d) Isso interessa?
e) Quem? Eu?

3 - Achas que estou gorda?
A resposta correcta masculina é afirmar com confiança e ênfase: "Não, claro que não." e depois deixar rapidamente o local onde se está.
As respostas erradas incluem:
a) Não estás gorda, mas também não estás magra...
b) Comparado com quê?
c) Um pouco de gordurinha fica-te bem.
d) Já vi gente mais gorda...
e) Podes repetir a pergunta? Estava a pensar na indemnização do nosso seguro de vida.

4 - Achas que ela é mais bonita do que eu?
O "ela" da pergunta pode ser uma ex-namorada, uma "ela" que vai a passar e para a qual ele estava a olhar tão esgazeado que quase causou um acidente ou a actriz de um filme que acabam de ver.
Em qualquer caso, a resposta certa é: "Não, tu és muito mais bonita."
As respostas erradas incluem:
a) Não é mais bonita, é só bonita num sentido diferente…
b) Não sei avaliar essas coisas.
c) Sim, mas de certeza que tu tens melhor feitio.
d) Só no sentido de ela ser mais nova e mais magra...
e) Podes repetir a pergunta? Estava a pensar na indemnização do nosso seguro de vida.

5 - O que é que fazias se eu morresse?
Resposta correcta: "Amor querido, na eventualidade de nos deixares, a vida deixaria de ter sentido para mim e eu lançar-me-ia para baixo do primeiro camião TIR que passasse." Esta pode ser a pergunta mais estúpida deste conjunto, tal como se ilustra pela anedota estúpida que se segue:
"- Querido? - perguntava a esposa. - O que farias se eu morresse?
- Oh, querida, eu ficaria terrivelmente perturbado - respondeu o marido. - Por que é que perguntas?
- Voltavas a casar? - insistiu a mulher.
- Não, claro que não. - respondeu ele.
- Então por que é que não voltavas a casar?
- Pronto. - disse ele. - Eu voltava a casar.
- Voltavas? - repetiu ela, um pouco magoada.
- Sim. - confirmou ele.
- E dormias com ela na nossa cama? - quis saber a esposa, após uma longa pausa.
- Sim... Acho que sim. - respondeu o marido.
- Estou a ver... - comentou ela indignada - E deixavas que ela usasse as minhas roupas?
- Acho que sim, se ela quisesse. - respondeu o marido.
- Era mesmo? - replicou ela, com a voz gelada - E tiravas as minhas fotografias e punhas lá as dela?
- Acho que seria correcto.
- É mesmo? - exclamou ela, levantando-se - E também deixavas que ela jogasse com os meus tacos de golfe, não era?
- Claro que não, amor, ela é canhota.


Adaptado de Sillyfun.

publicado por dreia92 às 13:56
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 22 de Maio de 2007

Ele...

Foto do DoubleF_2F no Netlog

 

Uma das nossas primeiras conversas ainda quando pouco conheciamos um do outro foi " Se eu for ai tu pagas o jantar? Pronto entao eu pago mas vou-me esquecer da carteira... Pois,mas tu nao te zangas se eu disser que nunca irei ai de proposito so para jantar contigo ,pois nao?" Foram apenas algumas das celebres frases do Sr. Nuno Fiuza.

 

Se naquela altura me dissessem " tu ainda te vais apaixonar por ele" ou " Voces ainda vão namorar" eu mandava essa pessoa para o manicómio!

 

Mas com o tempo fui me apercebendo de algumas das muitas caracteristicas do Nuno: Tinha um sentido de humor que nao existem palavras para descrever, e sinceramente nao foi preciso muito tempo para perceber isso, tal como não foi preciso muito tempo para perceber que ele era (era?? é!!!) um rapaz mesmo giro! ( e nao digas que nao!!!!BRRR LOL). Mas o nuno demonstrava ser um excelente amigo, estava sempre a apoiar-me, conseguia por-me a rir quando a minha vontade era chorar... Ele ouvia-me.. Ele percebia-me... Ele era um verdadeiro amigo... Comecei a sentir que podia confiar nele, sentia que sempre que precisasse ele ia estar comigo.

 

Mas se eu parecia ter problemas, para ele havia certos dias que quase preferia nao ter saido da cama! Nesses dias tentava retribuir tudo o que ele fazia por mim. Nao com o meu sentido de humor, do qual nao me posso orgulhar muito, mas por palavras amigas, pelo simples facto de tambem o tentar ouvir e perceber tudo o que ele tinha para dizer, e tentar compreender quando ele decidia que nao queria falar de qualquer coisa ( eu fico sempre a roer.me toda! Sou super curiosa!!!)

 

Ao mesmo tempo que ia descobrindo tudo isto, ia percebendo que nós os 2 eramos pessoas completamente diferentes e que a nossa luta baseava-se em tentar encontrar algumas semelhanças entre nós. O que era sem duvida alguma dificil... Ele adora ingles, ama vestir-se de preto,  gosta do tipo de musica a que eu chamo "gritos" . Eramos assim, so um bocadinho diferentes lol

 

 Mas era incrivel como passar um dia sem falar com ele metia.me triste, parecia que faltava qualquer coisa...

 

 Foram dias estranhos os que se seguiram... Muitas coisas aconteceram ao mesmo tempo... Muitas confusoes estavam a invadir.me cada vez mais, mas uma certeza começava a surgir " eu gosto do nuno..." mas como era possivel?? Eu Andreia Ribeiro tinha me apaixonado por um rapaz que nunca ia ver.me como mais que uma amiga! Tinha que o esquecer ! O mais depressa possível... Tentava afastar-me, mas quanto menos queria vir ao computador e ligar o telemovel, mais vontade tinha de falar com ele... O que ia fazer?

 

 Tinha que acabar com aquilo, entao num dia à noite estavamos a falar por mensagens de telemovel e achei que numa mensagem, sobre a pessoa de quem gostavamos,de eke dizer que nao conseguia gostar da mesma pessoa mais de um mes. eu decidi "vou-lhe dizer que gosto dele e isto acaba. Ele vai achar tao esquesito que vai querer que eu o esqueça e nao me vai falar durante os 2 próximos meses! Pode ser que assim o esquça..." acho que ele nessa noite deve ter ficado tão confuso que chegou a dizer que estava feliz, mas no dia seguinte recebi um sms que dizia mais ou menos isto " entao, tu sabes, aquilo de ontem foi um "vipe" ou foi mesmo para ficar..(falta de palavras melhores)" senti.me tentada a dizer que tinha sido uma brincadeira, que não era verdade, mas disse que sim, que tinha dito aquilo na minha total sanidade mental e que sim, era verdade, eu gostava dele...

 

Nao sei se ele sentia algo por mim ja nessa altura, nao sei se ficou com pena de mim, nao sei se realmente teremos.nos apaixonado ao mesmo tempo um pelo o outro, mas certo é que poucos dias depois ele pediu.me em namoro... Eu so pensava "ele esta louco! Ou entao esta a brincar como sempre..." mas nao, ele nao estava a brincar ( e se estava ainda hoje nao sei e disfarçou muito bem) e assim começou a nossa historia, a dia 22 de fevereiro...

 

 As nossas diferenças vieram a demonstrar-se bons temas de conversas (coisa que nos estamos sempre a pensar "tema?lol") e se eu dantes gostava dele, agora ja nao o adorava, eu amava.o (la estou eu com a mania de utilizar o passado..eu amo.o!)

 

 Ele era ( -_- é!) tao perfeito, tao compreensivo, tao querido, tao giro, tao...tao ele. O seu unico defeito é os ciumes!!! Mas nao posso negar que quando sinto a ma disposiçao dele devido a algum ciume, sinto.me triste mas ao mesmo tempo um bocadinho feliz (" Ele gosta mesmo de mim!!").

 

 Mesmo passado 3 meses, quando diz que me ama, eu continuo a corar... Passo as aulas a pensar nele.. Posso dizer que penso nele 3600x em cada hora!!! Sempre que posso e tenho algum tempo falo com ele...

 

O nosso namoro pode nao ser o perfeito, e eu sei que nao é, mas o que interessa é que nos amamos e "o que o amor constroi, nada destroi".

 

Eu AMO-TE MUITO NUNO!!!!!!

 

 Peço desculpa por hoje o dia aqui no blog ( e tambem peço desculpa a todos os meus amigos que tantas vezes ouvem.me a falar dele) ser quase tudo sobre ele, mas eu nao podia deixar passar este dia, estes 3 meses sem dizer nada, e depois acabei por me sentir inspirada... Nao escrevi tudo o que se passou, nem pouco mais ou menos, mas as coisas mas que se passaram estao guardadad numa caixa la no fundo a ganhar po, para onde tento nao olhar. As coisas melhores estao guardadas em 2 cofres: no coraçao e no pensamento...

 

Obrigada aos meus amigos que estao comigo diariamente e que aceitam este namoro, obrigada aos amigos que dizem que nao concordam mas a quem peço que se realmente isto for apenas um sonho me deixem vive-lo mais algum tempo e obrigada a todos os amigos que lêem o meu blog e que de forma tao querida me aconselham... e obrigada nuno por me aturares durante estes 3 meses....

sinto-me: apaixonada
publicado por dreia92 às 21:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Onde estao os amigos?

Hoje apercebi-me da algo que acho que ja pensei muitas vezes e que nunca arranjei soluçao e na verdade continuo sem saber e apenas fiquei ainda mais confusa...

 

Lembrei-me de pequenas coisas que ja aconteceram enquanto uma outra coisa tao pequenina acontecia e mesmo que pequena estava a ter um enorme significado...

 

Houve um dia, que por razoes que agora nao vale a pena referir, estava triste, com algumas lagrimas e encontrei um grupo de amigos...Estava a chover e eu nao tinha nem casaco nem guarda-chuva... Falei com todos, mas ninguem reparou que na verdade estava a chorar...

Acabei por parar de chorar e fomos todos para a casa de um deles... Pensei que ninguem tinha reparado na minha tristeza,mas enganei-me...Um dos rapazes que la estava, com quem nem me dou muito, passou por mim e disse-me baixinho: "com as gotas da chuva, tentavas disfarçar as lagrimas que choravas..." Afinal , um rapaz que mal conheço, foi o que percebeu realmente o que se passava comigo, enquanto outros amigos meus nem se aperceberam do que se passava...

 

No outro dia, levei para a escola, 60 € para me inscrever para fazer os testes psicotécnicos, mas quando ja estava pronta para ir à secretaria, descobri que nao sabia do envelope...Depressa fiquei nervosa so de pensar que poderia ter perdido o dinheiro... Pedi a algumas pessoas para me ajudarem a procurar, mas estavam todas demasiado ocupadas e nao poderam...A Carolina, que é uma rapariga 5 estrelas, mas com quem nao estou muito, ficou comigo durante o intervalo TODO à procura do envelope e acabamos por o encontrar...

 

Pequenas coisas como estas, fazem uma grande diferença! Pelo menos para mim...Pois,afinal aquelas pessoas que sao minhas amigas, mas que nem me conhecem assim tao bem, é que me "apoiaram" e perceberam-me, quando mais precisei...

 

Porque talvez os amigos nao sejam apenas aqueles com que estamos todos os dias, mas tambem aqueles que mesmo nao estando sempre connosco, que nao nos conhecem assim tao bem, podem demonstrar-se excelentes amigos

 

 

 

 

música: perfect- Simple Plan
tags:
publicado por dreia92 às 21:15
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
Terça-feira, 30 de Janeiro de 2007

Espelhos...

Olaaaa...Começo por pedir desculpa por nao escrito nada por estes dias, mas com tantos testes nem tem dado para pensar aqui no blog... Tambem quero agradecer a todas as pessoas que comentaram o meu blog (em especial o ultimo post)...Estive a pensar no que haveria de escrever e na verdade nao me surgio nada...Acabei por me lembrar de um tema de um trabalho que tive de fazer na escola... Um trabalho que começou em Setembro, em que nos deram uma página, que dizia no inicio:

" Imagina que estás num labirinto de espelhos. Alguns grandes,outros pequenos, uns inteiros e outros partidos... Quando esses espelhos olharem para ti, o que vão ver?"

Na verdade quando lemos isto pareceu algo mesmo muito estupido e sem sentido nenhum, mas na verdade depois de ter trabalhado ja por varias vezes neste tema, chaguei à conclusao que talvez aquela pequena frase diga muito mais do que alguma vez imaginamos... Porque na verdade, quando nos vemos ao espelho, eu penso no que vejo nele,mas nunca pensei no que ele pode ver em mim...E é altura de nos perguntarmos: "Como será que os espelhos ,nos vêm?" Será que eles vêm como nós? Ou será que vêm de uma forma diferente? Será que quando estamos a olhar para um espelho partido e para um inteiro, cada um ve-nos de forma diferente? Ou será que nós é que achamos que estamos diferentes? Será que um espelho vê o nosso todo e apenas nos mostra o que nos queremos ver? Sera que nos temos coragem de olhar para o espelho e ver realmente o que ele nos mostra, ou tapamos os olhos aos defeitos? O espelho mostra apenas a parte exterior, ou será que mostra mais que isso?Penso que mostra mais que isso?

Afinal, o que ve um espelho? O que nos mostra? E do que ele nos mostra, o que vemos?

Para alguns talvez mostre apenas a forma de como são por fora, e mais nada... Para outros ele ve o nosso todo, os defeitos, as qualidades, os nossos medos ,os nossos sonhos, mas apenas mostre a pequena parte que nós conhecemos de nós próprios...

Para mim, um espelho é como as todas as pessoas que nos vêm, que lidam connosco, por isso existem muitos tipos de espelhos, todos diferentes... Ha aqueles espelhos que tal como as pessoas quando olham para nos apenas vêm o que aparentamos ser, e por vezes nao querem saber mais, desistem de olhar e apenas mostram aquela nossa imagem fisica, aqela imagem que é como uma capa...Depois ha os espelhos que depois de verem aquela parte de fora, querem ir mais longe, tirar essa capa e tentar perceber um pouco mais sobre nos, descobrir o que os espelhos referidos atras nao descobriram, saber um pouco mais sobre nos, ver os nossos gostos, a nossa maneira de falar, analisar os nossos gestos e começar a perceber que afinal somos seres vivos e que talvez nao sejamos apenas um corpo, mas que afinal ha algo mais que da brilho aos olhos... Tambem ha os espelhos que mesmo sabendo ja isto tudo, querem ir mais longe, querem saber as palavras que nao dizemos mas que os nossos olhos mostram... Querem ver que mesmo quando mostramos um sorriso, pode haver tristeza por tras, que mesmo quando nao choramos sentem que o nosso coração está magoado...Estes sao os espelhos mais valiosos, que nao querem apenas ver um pouco de nos,mas que nos querem perceber, saber de verdade quem somos...estes espelhos sao os espelhos que nao desistem, por muito que tentemos esconder seja o que for, acabam por descobrir... Estes sao aqueles espelhos que têm como nome "Amigos"...

Talvez este texto esteja confuso e sem sentido nenhum,mas nem sempre nos conseguimos passar para palavras o que nos vai na cabeça...Na verdade com este texto apenas quero dizer que os amigos,nao se limitam a ver o que mostramos, mas tambem a ver o que tentamos esconder...

sinto-me: Confusa...
música: Perfect- Simple plan
tags: ,
publicado por dreia92 às 20:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

Saudade...

A saudade...palavra que apenas vem nos dicionários de Lingua Portuguesa, mas que todas as pessoas em todas as partes do mundo ja sentiram, mesmo nao sabendo o que era... Um sentimento universal que nos olhares mais tristes, mas ansiosos, consegue descobrir.se que ali habita a saudade..a saudade de alguem, de algo...A saudade que por muito que tentemos nao conseguimos tirar da cabeça nem do coração...Na aula de portugues, disseram que a saudade é um misto de tristeza e de alegria... Tristeza porque sentimos aquela falta irremediavel daquela pessoa tao especial que esta longe e alegria porque nos apenas podemos ter saudade de algo que vivemos de bom e de positivo...Aquilo que nunca vamos esquecer pelos bons motivos. Nunca tinha visto a saudade por este ponto de vista mas pensando bem, esta maneira de pensar tem alguma razão. É como a frase: " Ninguem consegue saber o que é a felicidade se nao conhecer a tristeza.."

sinto-me:
publicado por dreia92 às 23:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

Amizade

sinto-me: Contente
publicado por dreia92 às 16:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 5 de Janeiro de 2007

Parabens!!!!!!!!

Nao podia deixar passar o dia de hoje sem escrever algo de um grande (mas mesmo grande..lol) que hoje faz 15 aninhos... Mais uma pessoa que conheço desde os 3 anos nao fosse ele da minha turma. O primo da joana (que hoje- talvez por castigo- estava afónica, afinal cá se fazem, cá se pagam...) mas realmente um primo mt afastado... Ainda me lembro no 7º ano daquele trabalho sobre o Tsunami no sudoeste asiatico, que foi um dos trabalhos de area projecto que mais me diverti ate hoje ( depois com aquela apresentaçao com a reboxa, a fazer uma simulaçao de tremor de terra...so rir) e que por vezes jogavamos stop (nem me falem em stop, depois do ano passado, acho que nao vou jogar stop durante muito mas muito tempo...) Com esta conversa toda apenas quero desejar.te que estes 15 anos sejam 5 estrelas assim como todos os outros que hao de vir (e que eu ei de ver lol)... Apenas desejo que sejas muito mas muito mas mesmo muito feliz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 
sinto-me: cançada da aula de Ed. Fisica
música: Foi feitiço- andre sardet
publicado por dreia92 às 22:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

O Inicio

Para começar decidi falar dos meus amigos. Porquê? Porque eles são as pessoas que estão comigo quando preciso, porque sao eles que me fazem sorrir e por vezes chorar, e porque sem eles eu nao seria nada...Afinal se nao fossem eles que interesse podia ter a minha vida?
Tenho amigos em muitos sitios do mundo, e tenho pena de ja nao me lembrar de alguns ou nao poder ja estar com eles... por isso vou tentar nomealos aqui, recorda.los a todos escrevendo um pouco sobre cada um...alguns escrevo um pouco, outros (que sao tao importantes como os primeiros) escrevo o nome, mas nao me quero esquecer de nenhum, e se isso acontecer nao se zanguem comigo, pois todos os meus amigos, todas as pessoas que ja passaram pela minha vida, estão e estarão sempre no meu coração..
A minha turma, aquela com que estou agora, o 9ºA, sao os meus irmaos...sou filha unica e estou com eles desde que tenho 3 anos (alguns pois outros ja entraram na turma posteriormente) e comecei a vê-los como irmãos: partilho com eles grande parte dos dias de cada ano e por isso são TODOS tão importantes para mim... Claro que na escola, que é quase uma  segunda casa tambem criei amigos sem ser da aula, amigos esses tambem importantes
Se eu considero os meus colegas amigos por os ver como irmaos, percebe-se que a minha familia tambem é muito importante: os meus pais, que me deram a vida e que fazem por tudo para que eu seja feliz, as minhas avós (pois nunca cheguei a conhecer os meus avôs), os meus tios, padrinhos,os meus primos...
No Meco tenho uma casa de férias desde que tenho 5/6 anos e lá tambem criei bons amigos, com quem posso andar de bicicleta, sentir o vento na cara, ver o mar durante horas seguidas, contar historias de terror (lol) e divertir-me até nao poder mais...
Durante as férias, principalmente as de verao, tambem conheço muita gente... Vou a um sitio de ferias e crio amizades...Muitas das quais acabo por ficar sem contactos.Daí a ideia de ter amigos em muitos sitios do mundo, que talvez ja nem se lembrem de mim,mas que eu nunca vou esquecer, pois com muitos conheci sitios novos, explorei novos caminhos e outras maneiras de ver a vida.
Melhores amigos? melhores amigos nao tenho,mas tenho aqueles amigos que por um motivo ou por outro, estou mais com eles... Nestes tenho a Sofia Pires, uma amiguinha da minha turma, quase como irmã, uma rapariga com uma maneira de ser muito propria (acho que todos temos) e com bastantes duvidas sobre esta vida...A Margarida Bacelos que é do 10º , que é uma rapariga muito meiga e muito faladora (brincando), a Inês Rebocho que entrou na minha turma no 7ºano mas de quem me aproximei bastante, talvez por ser tão diferente de mim ( a reboxa talvez uma das raparigas mais loucas que ja conheci) a Bárbara Fernandes que tambem é da minha turma e (como ela propria diz) faz parte das ninas que decidem entrar pela pizza hut (mas pela cozinha-nao esquecer lol) tendo sido com ela e com a Sofia P. que arranjamos nomes como Al3+ (Aluminio!)e que eram poucas as pessoas que percebiam essa linguagem... A Suzanna uma grande amiga do Meco, tal como a rita, salome, tania, patricia,ines , sofia, diogo, hernani, David, o sergio( lembras-te suzanna??? ”tens horas?” que inicio de uma linda historia. .lol), e tantos outros, com quem posso sempre contar (ou quase sempre..lol) para ir dar uma volta de bicicleta, atrufiar, dar uma volta à noite, encontrar na praia (mesmo que muitas vezes, nem perceba quem é quem..) e tanta outra coisa.. O ruben patricio, que apesar de conhecer há pouco tempo, é um bom amigo, embora ele e a margarida finjam ser meus pais.. brrrr. O simao cruz que durante tanto tempo teve esta chata à frente nas aulas (desde o 6ºano??) mas que apesar de eu precisar de ter muita paciencia, é um amigo 5 estrelas!!! O Lourenço Pinto Leite, que apesar de sempre muito brincalhão e com um sorriso sempre nos labios, tem sempre os pes bem assentes na terra. A Maria Pavia, que apesar de um pouco extrovertida( e muitas vezes perigosa) é uma rapariga com quem da sempre para falar.O bernardo, um miudo um pouco estranho mas mesmo parecendo frio e por vezes distante demonstra ter um coraçao de ouro quando é preciso. A Joana Pereira, com quem estou desde os meus 3 aninhos e que apesar de um feitio por vezes um pouco complicado (lol, brincando) tem sempre uma palavra amiga, conseguindo ser um pouco graxista algumas vezes (sempre na brincadeira-tem calma). A Ines Costa, uma miuda super querida, tal como a Carolina,a silvia, a isabel, a teresa, a luisa, a carlota, a rita, a monica, laura, tekas, bia..........e muitas muitas outras (se me esqueci, desculpem, mas esta confusao com o natal,poe-me um pouco confusa ( e bastante esquecida)...Não se preocupem porque tambem há rapazes: Andre ,Ricardo, jaime, joao, esteves, rafa, antonio, gonçalo, gilberto, diogo,hamilton,nuno,fabio, jerson, rui, hugo, eduardo, vasco,salvador, afonso, domingos, rodrigo..... mas claro que adoro os meus thinkiuinquis (segundo o simao,não é?esta bem escrito?) como os meus priminhos: sofia,miguel, bruno... e depois temos: Os tomases (sofia,sofia..lol), o rodrigo, o vasco, a veronica, a joaninha, o jaime, o bernardo, o ze, a bia, o casi,..


E nunca se esqueçam: Amigos são aqueles que ficam quando todos os outros desaparecem!!!!!!!!!!
sinto-me: Feliz
tags:
publicado por dreia92 às 21:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Ciúmes? Não, eu não sou c...

. Saber responder...

. Ele...

. Onde estao os amigos?

. Espelhos...

. Saudade...

. Amizade

. Parabens!!!!!!!!

. O Inicio

.arquivos

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds